sábado, 22 de outubro de 2011



“Posso ignorar meu coração? Eu gosto de você, eu te amo, isso não muda, faça sol, chuva, vento forte, tempestade. É como uma árvore criou raízes fundas dentro de mim. Os galhos atravessam, crescem para fora, me abrigam e eu me deito à sua sombra”

(Angella Reis)


2 comentários:

Pedrasnuas disse...

Delícia...Rsrsrs

Canto da Boca disse...

É exatamente assim, Angela, o sentimento está dentro!

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails