segunda-feira, 12 de dezembro de 2011

Encontro



Há muitos ao redor desejando a visão do paraíso, o modelo de anjo que se faz sol, mas à minha frente há apenas um. Todo o resto são rostos e vozes desconhecidos na multidão. À nossa volta um círculo formando um elo, nossos olhos se cruzam, baixo os meus para evitar o choque elétrico. Os lábios dele sorriem levemente e eu me pergunto se o motivo é por estar a escutar o descompasso do meu coração. Caminho até o portão de desembarque onde me espera com um sorriso de boas vindas!

Como poderia imaginar que depois de anos o que fora partida tornar-se-ia encontro, não marcado, mas predestinado, previsto na janela do tempo. Parafraseando Caio Fernando Abreu: ”O que tem de ser tem muita força”. É tipo não poder afirmar categoricamente, dessa água jamais beberei porque por mais que nossos atos sejam determinantes há sempre algo que nos escapa, foge do nosso controle. Você pode fazer planos de viajar por outros ares e no percurso, ou antes, de concretizar a idéia, haver uma mudança brusca que te leve a outro lugar e lhe apresente ‘o chamado: inesperado’, exteriormente, porque no recôndito, no fundo, fundo mesmo, há infinita espera, ainda que inconsciente, perdido, esquecido, guardado ou adormecido em algum lugar, talvez em gavetas de desistências. Há coisas que não valem à pena persistir e há coisas que não são permitidas, porque vieram desencontradas, ou nem tanto assim, visto que tudo tem o momento certo. Porventura, todos os caminhos por quais trilhamos, estão traçados na palma das nossas mãos, e, quiçá, marcados nas calçadas invisíveis do espaço que se cruzam e por vezes se entrelaçam em tantas outras. Num emaranhado algumas dão nós, outras se tornam laços, feitos e desfeitos.

E agora essas linhas nos puxam ao encontro um do outro como se estivéssemos atados a um anzol, fisgados pela boca, vontade de devorar o que já consome, os olhos afoitos suplicam, mas os passos são comedidos como a temperar dentro do peito a emoção. À espera das horas.

Milagre é ver o impossível se realizar a cada instante.


Angella Reis


*Qualquer semelhança com a realidade é mera coincidência.

24 comentários:

Will disse...

O impossível é a matéria prima dos milagres, uma pessoa com fé, o artesão.

Linda tua prosa poética. Parabéns!

Um abraço, Angela.

Cultura Malcriada disse...

Oi Angella!
A vida é cheia de encontros, desencontros e línguas queimadas que juram e se contradizem mais tarde. Muito legal o texto!
Bjo!

ॐ Shirley ॐ disse...

Muito bem escrita essa crônica, Angella. Gostei demais, parabéns!

Fátima disse...

Oi Angella,

Que lindo esse encontro, feitos nos traços da palma, da alma.
Adorei.

Obs.:No meu blog o item "meus seguidores" está com algum problema, muitos dos que me seguiram nos últimos dias, não aparecem, você é uma delas, não e culpa minha e do blogspot. Vamos brigar com eles?..rs
Brincadeira à parte, desculpa, espero que isso se regularize, pois valorizo demais os que me incentivam.

Pena disse...

Estimada e Linda Amiga:
O amor. Um delicioso encontro.
Escreve com magia e beleza puras.
Parabéns. Excelente sentir a vida. O Mundo.
Parece que tudo encanta e enternece.
A sua magia literária é perfeita.
Adorei.
Beijinhos amigos de respeito pela grandeza do seu pensamento.
Sempre a admirá-la pela ternura e carinho que são o seu encanto.
Agradecido pela visita maravilhosa e doce.

pena

Benno disse...

o beijo impossível é o mais gostoso.

G disse...

"Milagre é ver o impossível se realizar a cada instante."

Angela também me senti muito bem no seu cantinho e acabamos de nos encontrar na blogesfera.

Abs

Dani disse...

obrigada, querida! :)

mariana sá disse...

gosto muito do teu blog querida, beijinhos (:

♥♥♥Ani♥♥♥ disse...

Boa tarde Angella

Adorei seu blog. Amei tudo que li aqui. Voltarei sempre... Já sigo!

Se quiser voltar ao meu e ler outros post´s... Quem sabe não retribui...

http://cristalssp.blogspot.com

Beijos 
Ani

Nos Amando... disse...

e que milagre
em.
linda noite
bjs

Evanir disse...

Hoje estou aqui para agradecer sua amizade .
E desejar um Santo Natal a você e sua familia preciso acarinhar minhas lindas
amizades fico temerosa de deixar alguém sem passar no blog.
Esta postado no meu blog um presente de Natal feito com muito carinho.
Caso gostar esta a seu dispor e louvo a Deus por pelo previlégio de conhecer você.
Que perdure para sempre esse carinho essa amizade tão linda te amo ..te amo..
Beijos no coração .
Vou continuar te seguindo e te amando sempre.
De mãos dadas rumo ao futuro.
Evanir

O SENHOR DO TEMPO disse...

Olá querido(A) blogueiro(a)
vim prestigiar o teu espaço
e digo-lhe que gostei
virei outras vezes

"caloroso abraço"

DO DITO "SENHOR DO TEMPO"

Pedrasnuas disse...

Sim...agora sim!!! Depois virei ler...Obrigada linda!!! Beijinhos

Desnuda disse...

Querida amiga,

Adoro os seus textos, com sinceridade. Leio e releio sempre com fome de aprender mais e absorver não só a beleza e a suavidade do que você escreve, mas as reflexões sempre muito bem inseridas.

Beijos com carinho e obrigada amiga!

Leila Krüger disse...

Oi Angela amei aqui! Meu livro se chama "Reencontro": www.leilakruger.com.br tem o primeiro capítulo. Tem a ver com encontros... desencontros, reencontros.

Brigada pelos comentários no meu blog! Vou seguir, se já não estou. Beijos!

Leila Krüger disse...

Oi Angela amei aqui! Meu livro se chama "Reencontro": www.leilakruger.com.br tem o primeiro capítulo. Tem a ver com encontros... desencontros, reencontros.

Brigada pelos comentários no meu blog! Vou seguir, se já não estou. Beijos!

Um brasileiro disse...

oi. estive dando uma olhada por aqui. intressante. gostei. apareça por la. abraços.

Sonica disse...

Obrigada pelo seu comentário!
Bjs,

Moran, andarilho disse...

Angela, linda expressão de que o impossível é apenas mais difícil de realizar, mas nunca impossível. Nas voltas deste oceano de vivências, há que se acreditar no caminhar juntos. O reencontro é a possibilidade do novo que se descortina. Qualquer semelhança com a vida é pura poesia. Bjs, Moran

Elisa Cunha disse...

Mas o que é o impossível? É aquilo que torna a conquista mais interessante, torna mais valiosa o real que virá depois...
Bjs

Wanderly Frota disse...

Impossível é só uma questão de conceito. Quando a gente quer, as barreiras podem sim ser quebradas!
Lindo querida, como sempre!

Jessica Rosa disse...

Obrigada pelo comentário. Gostei do teu blog.

Milla Carol disse...

muito lindo Angela.
amei.

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails