domingo, 11 de dezembro de 2011



"É como uma árvore criou raízes fundas dentro de mim. Os galhos atravessam, crescem para fora, me abrigam e eu me deito à sua sombra.”

(Angella Reis)

2 comentários:

Felicidade Clandestina disse...

amor e raízes... crescem e tomam dimensões inimagináveis.

David C. disse...

bonitas palabras.

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails